quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Após Zurique Thiago Braz salta em Bruxelas

29|08|2018 - 16:41 | Assessoria de Imprensa da CBAt
São Paulo - Depois de participar de prova exibição nesta quarta-feira (dia 29), em pista montada em uma estação de trem de Zurique, na Suíça, o campeão olímpico Thiago Braz da Silva disputa na sexta-feira (31) a final do salto com vara da Liga Diamante, o principal circuito de competições da IAAF, em Bruxelas, na Bélgica. O brasileiro enfrentará os principais atletas da prova, a partir das 19:28, hora local (14:28 de Brasília). Em Zurique, Thiago ficou na nona colocação, com 5,56 m.

Fonte: CBAt

O russo Timur Morgunov foi o campeão, com 5,91 m, seguido do canadense Shawn Barber, com 5,86 m, mesma marca do norte-americano Kurtis Marschall. Os três também estarão em Bruxelas.

Nesta quinta-feira (30), no Letzigrund Stadium, em Zurique, Darlan Romani disputa a final do arremesso do peso, a partir das 19:40 (14:40 de Brasília). Quarto colocado no Ranking Mundial, com 21,95 m, o brasileiro ocupa a quarta colocação também na classificação da Liga Diamante, com 19 pontos. À sua frente estão o neozelandês Tomas Walsh, com 25, e os norte-americanos Ryan Crouser, com 23, e Darrell Hill, com 22 pontos.

No Meeting de Bruxelas, além de Thiago Braz, o Brasil terá Andressa Oliveira de Morais na final do lançamento do disco, a partir das 18:05 (13:05 de Brasília). Andressa também está em quarto lugar na classificação da Liga, com 17 pontos. A croata Sandra Perkovic é a líder, com 32 pontos, seguida das cubanas Yaimé Pérez, com 28, e Denia Caballero, com 24.

O canal BandSports anuncia a transmissão ao vivo dos Meetings de Zurique e de Bruxelas, a partir das 13 horas. A competição definirá seus 32 campeões da Liga Diamante - 16 em cada uma das etapas.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Seleção que vai à Olimpíada da Juventude foi avaliada no CNDA

28|08|2018 - 13:44 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - Os 18 atletas brasileiros classificados para o torneio de Atletismo da Olimpíada da Juventude, em Buenos Aires, no próximo mês de outubro, participaram do camping de treinamento e de avaliação em Bragança Paulista (SP), nas instalações do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA).

Além dos treinadores da Seleção que representará o Brasil nos Jogos da capital argentina, e dos técnicos pessoais dos convocados, atuaram no camping também profissionais do Laboratório Olímpico do COB, nas ações que foram realizadas de 19 a 24 de agosto.
Fonte: CBAt
Além dos treinamentos de pista e campo, atletas e treinadores passaram por um intenso período de treinos e avaliações de Ciências do Esporte. Os atletas tiveram contatos com profissionais das áreas de bioquímica, biomecânica, fisiologia, fisioterapia, nutrição, preparação física e preparação mental. As avaliações serviram para observar o comportamento dos convocados durante os treinamentos, mas também para um acompanhamento futuro dos atletas.

"A importância é fazer esse acompanhamento visando um estudo longitudinal para os Jogos Olímpicos de 2024, já que estes são os melhores atletas que temos hoje nessa categoria (no Atletismo, disputam os Jogos da Juventude atletas da categoria sub-18)", explicou Carlos Alberto Cavalheiro, consultor de Atletismo do COB. "Os atletas dos demais esportes que estarão nos Jogos também serão avaliados", disse Cavalheiro.

"Essa inciativa da CBAt e do COB foi importante para sentirmos como esses atletas estão, tanto na parte física quanto no foco para a competição", avaliou Alexandre Moratto, treinador-chefe da equipe de Atletismo em Buenos Aires.

Abaixo, a Seleção de Atletismo do Brasil nos Jogos da Juventude de Buenos Aires, que serão disputados de 6 a 18 de outubro.

Masculino
Lucas Rodrigues da Silva (Mangueira do Futuro-RJ) - 100 m
Lucas Conceição Vilar (Águias Guariba-SP) - 200 m
Douglas Hernandes Mendes (Balneário Camboriú-SC) - 400 m 
Marcos Paulo Ferreira (ASPMP-SP) - 110 m com barreiras
Caio de Almeida Teixeira (Centro Olímpico-SP) - 400 m com barreiras
Bruno Lorenzett Nascimento (AABLU-SC) - 10.000 m marcha atlética
Elton Junio Petronilho (Cria Lavras-MG) - salto em altura
Adrian Henrique Dias Vieira (SESI-SP) - salto em distância
Vitor Gabriel Motin (PM Colombo-PR) - lançamento do disco

Feminino
Vitória Pereira Jardim (Centro Olímpico-SP) - 100 m
Letícia Maria Lima (CT Piauí- PI) - 200 m
Erica Geni Cavalheiro (Instituto Foz-PR) - 400 m
Jéssica Vitória Moreira (Águias Guariba-SP) - 400 m com barreiras
Letícia Almeida Belo (Orcampi Unimed-SP) - 2.000 m com obstáculos
Lissandra Maysa Campos (IVL-MT) - salto em distância
Nerisnélia dos Santos Sousa (ASA Sorriso-MT) - salto triplo
Rafaela Cristine de Sousa (Poços de Caldas-MG) - arremesso do peso
Bruna Vieira de Jesus (ADAC-MS) - lançamento do dardo

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Brasil conquista o 10º título do Ibero-Americano de Atletismo

26|08|2018 - 17:07 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - O Brasil conquistou pela 10ª vez o título do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, encerrado neste domingo (dia 26), em Trujillo, no Peru. A equipe nacional, composta por 29 atletas, sendo 16 no masculino e 13 no feminino, dominou completamente a competição, garantindo 34 medalhas (18 de ouro, 10 de prata e 6 de bronze). Nenhum adversário ameaçou a hegemonia brasileira.

A seleção da Colômbia ficou em segundo lugar no quadro geral de medalhas, com oito (seis ouros e dois bronzes). Já a Espanha ficou em terceiro com 18 (cinco de ouro, seis de prata e sete de bronze). A competição reuniu cerca de 300 atletas de 18 países de fala portuguesa e espanhola das Américas, Europa e África.

As finais deste domingo, mais uma vez, mostraram a força da equipe brasileira da competição. Os brasileiros participaram de nove das 14 finais do último dia e garantiram 12 medalhas - seis de ouro, quatro de prata e duas de bronze.
Fonte: CBAt

Nos 200 m, por exemplo, os velocistas brasileiros confirmaram a ótima forma e conseguiram dobradinha no feminino e no masculino. Vitória Rosa, campeã dos 100 m, venceu os 200 m, com 22.90 (0.3), seguida de Rosangela Santos (23.92). No masculino, Jorge Henrique Vides ganhou o ouro, com 20.34 (0.1), superando o amigo Aldemir Gomes Junior, segundo colocado, com 20.42.

No arremesso do peso, outra dobradinha brasileira. Geisa Arcanjo conquistou o ouro, com 18,10 m, seguida de Keely Medeiros, com 16,64 m. A chilena Ivanna Gallardo terminou em terceiro, com 15,05 m.

Altobeli Santos Silva conquistou a sua segunda medalha de ouro neste domingo. Depois de vencer os 3.000 m com obstáculos no sábado (25), o corredor ganhou os 3.000 m, com 7:57.52, superando o Alfredo Santana, de Porto Rico (8:01.20), e José Luis Rojas (Peru), com 8:04.00.

No feminino, Tatiane Raquel da Silva, que havia sido ouro nos 3.000 m com obstáculos, ganhou a medalha de prata nos 3.000 m, com 9:18.39. A uruguaia Maria Pía Fernandez foi a campeã com 9:16.16. A argentina Florencia Borelli terminou em terceiro, com 9:19.09.

As outras duas medalhas de ouro do último dia foram alcançadas por Marcio Teles, nos 400 m com barreiras, e por Thiago do Rosário André, nos 800 m. Marcio venceu com o tempo de 49.64, e Thiago, que estava em Camping de Treinamento de Altitude em Paipa, na Colômbia, venceu os 800 m, com 1:46.73. Finalista da prova no Mundial de Londres 2017, ele foi prata nos 1.500 m em Trujillo.

Duas medalhas de bronze encerraram a boa campanha nacional. Alexsandro Melo ficou em terceiro no salto triplo, com 15,94 m (0.0), enquanto Laila Ferrer completou participação na mesma posição no lançamento do dardo, com 58,24m.

"A atuação brasileira no Ibero-Americano foi espetacular. Havíamos convocados 40 atletas e 11 pediram dispensa por vários motivos pertinentes. Mesmo assim, a conquista foi muito importante em nosso projeto rumo ao Mundial de Doha, ao PAN de Lima de 2019 e, acima de tudo, aos Jogos de Tóquio 2020. Quero parabenizar a todos os atletas, medalhistas ou não, pelo empenho e colaboração", comentou Warlindo Carneiro da Silva Filho, presidente da Confederação Brasileira de Atletismo.

Todos os campeões

Barcelona (ESP) 1983 - Cuba
Havana (CUB) 1986 - Cuba
México (MEX) 1988 - Cuba 
Manaus (BRA) 1990 - Brasil
Sevilha (ESP) 1992 - Cuba
Mar Del Plata (ARG) 1994 - Brasil
Medellín (COL) 1996 - Cuba
Lisboa (POR) 1998 - Espanha
Rio de Janeiro (BRA) 2000 - Brasil
Guatemala (GUA) 2002 - Brasil
Huelva (ESP) 2004 - Espanha
Ponce (PUR) 2006 - Brasil
Iquique (PER) 2008 - Brasil
San Fernando (ESP) 2010 - Cuba
Barquisimeto (VEN) 2012 - Brasil
São Paulo (BRA) 2014 - Brasil 
Rio de Janeiro (BRA) 2016 - Brasil
Trujillo (PER) 2018 - Brasil

domingo, 26 de agosto de 2018

Brasil conquista seis ouros em seis provas no Ibero-Americano

25|08|2018 - 19:57 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - O Brasil foi o destaque da terceira etapa do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, disputada na tarde deste sábado (dia 25), no Estádio Chan Chan, na cidade peruana de Trujillo. A equipe participou de seis das 10 finais programadas, incluindo o decatlo, e comemorou seis medalhas de ouro, ou seja, 100% de aproveitamento.

A competição, que reúne cerca de 300 atletas de 18 países de língua portuguesa e espanhola das Américas, Europa e África, termina neste domingo (26), quando apontará os últimos 14 campeões do evento. O Brasil busca a 10ª conquista.

Fonte: CBAt

Nas três primeiras etapas, a equipe conquistou 22 medalhas, sendo 12 de ouro, seis de prata e quatro de bronze e lidera o evento. A Colômbia é a vice-líder, com sete medalhas - cinco ouros e dois bronzes.

Um dos destaques da tarde foi Darlan Romani, muito aplaudido pelo público, por ter vencido a prova do arremesso do peso, com direito a quebra do recorde do torneio. O recordista sul-americano da prova, quarto colocado no Ranking Mundial da IAAF de 2018, garantiu o ouro, com 20,74 m. O português Tsanko Arnaudov ficou em segundo lugar, com 19,34 m, seguido do equatoriano Eduardo Santiago Espín, com 16,13 m.

O Brasil conseguiu duas vitórias nos 3.000 m com obstáculos. No masculino, Altobeli Santos Silva venceu com 8:35.57, superando na chegada o espanhol Daniel Arce Ibañez (8:36.33). No feminino, Tatiele Raquel da Silva teve vida mais tranquila. Ganhou com 9:48.40. A espanhola Maria José Perez ficou com a prata, com 9:55.63.

No evento mais difícil e cansativo do programa, o decatlo, Felipe Vinícius dos Santos foi o campeão, somando 7.663 pontos nas 10 provas. O argentino Sergio Pandiani comemorou a prata, com 7.293. Luiz Alberto de Araújo, o outro brasileiro da especialidade, abandonou a competição na sexta-feira (24).

Outra boa vitória foi obtida por Juliana de Menis Campos no salto com vara. Ela ganhou com a marca de 4,40 m. A espanhola Maialen Axpe Etxabe e a colombiana Katherin Castillo saltaram 4,20 m e terminaram em segundo e em terceiro lugares.

Com Gabriel Constantino, que pela manhã havia ganhado ouro nos 110 m com barreiras, Paulo André de Oliveira, Jorge Henrique Vides e Aldemir Gomes Junior, o Brasil venceu ainda o revezamento 4x100 m, com 38.78, superando o Paraguai (39.99) e o Peru (40.69).

No início da etapa, Jorge Henrique e Aldemir disputaram as semifinais dos 200 m. Jorge venceu a primeira, com 20.39 (-0.2), e Aldemir, a segunda, com 20.63 (-0.2). A final será às 12:57 deste domingo no horário de Brasília.

Brasil mantém liderança no Ibero-Americano

25|08|2018 - 14:47 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - O Brasil manteve a liderança do 18º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, após a disputa da segunda etapa da competição, na manhã deste sábado (dia 25), no Estádio Chan Chan, em Trujillo, na Peru. A equipe conquistou mais seis medalhas (duas de ouro, duas de prata e duas de bronze) e agora soma 16 medalhas (seis ouros, seis pratas e quatro bronzes). A Espanha é a vice-líder, com 10 pódios (quatro, duas e quatro).
Fonte: CBAt
As duas medalhas de ouro da manhã deste sábado foram conquistadas por Gabriel Constantino, nos 110 m com barreiras, e por Lucas da Silva Carvalho, nos 400 m. Os dois atletas venceram até com tranquilidade. Gabriel, recordista sul-americano da especialidade, completou a prova em 13.61 (-0.2). O peruano Javier McFarlane ficou em segundo lugar, com 14.04.

Já Lucas correu os 400 m em 45.92, superando Nery Brenes, de Costa Rica, ganhador da medalha de prata, que obteve o tempo de 46.27.

O Brasil ganhou ainda duas medalhas de prata na etapa, com Geisa Coutinho, nos 400 m, e com Thiago do Rosário André, nos 1.500 m. Geisa conseguiu o tempo de 52.57 e foi superada pela portuguesa Cátia Azevedo. Thiago, por sua vez, completou a distância em 3:48.48, ficando atrás do espanhol Llorenc Sales Ferrer, vencedor com 3:48.27.

Rayane Amaral Santos e Douglas Junior dos Reis também subiram ao pódio em Trujillo. Rayane ficou com o bronze nos 100 m com barreiras, com 13.68 (-0.2), mesma colocação de Douglas no lançamento do disco, com 56,91 m.

Já Marcio Telles ficou em terceiro lugar na primeira semifinal dos 400 m com barreiras, com 51.13, e classificou-se para a final da prova deste domingo, marcada para as 12:35 no horário de Brasília.

A competição, que reúne cerca de 300 atletas de 18 países de língua portuguesa e espanhola das Américas, Europa e África, prossegue na tarde e noite deste sábado e termina neste domingo (26). O Brasil busca a 10ª vitória.

Três árbitros brasileiros atuam no Ibero-Americano do Peru

25|08|2018 - 10:36 | Assessoria de Imprensa da CBAt


São Paulo - Além dos atletas, treinadores e profissionais da área médica, o Brasil também tem representantes no quadro de arbitragem do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, que começou sexta-feira (dia 24) e termina neste domingo (26), no Estádio Chan Chan, na cidade peruana de Trujillo: Nilton Ferst, Kellerman Zanotti e Ubiratan Martins.
Fonte: CBAt

O paranaense Nilton Ferst, radicado em Manaus (AM), foi convocado para atuar como árbitro de marcha. O também paranaense Ubiratan Martins Jr. está trabalhando na sua especialidade, é árbitro de partida. O paulista Kellerman Zanotti, radicado em Campo Grande (MS), foi chamado como Oficial Técnico de Área (OTA).

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Aniversário de diversas conquistas brasileiras em agosto

22|08|2018 - 14:04 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - No mês de agosto, no auge da temporada do Atletismo, é comemorado o aniversário de diversas conquistas importantes da história brasileira. Seis das 16 medalhas olímpicas e 12 das 13 medalhas em Campeonatos Mundiais de Adultos fazem aniversário neste mês.

Esta quarta-feira, dia 22, é especial para Maurren Higa Maggi. Afinal, há exatamente 10 anos, ela tornou-se a primeira mulher brasileira a conquistar um título olímpico em prova individual: foi ouro no salto em distância com 7,04 m, em Pequim.
Fonte: CBAt

Maurren pôde fazer todo o ritual de uma grande campeã, comemorar na pista a vitória, com as bandeiras do Brasil e da China nas mãos, receber a medalha e todas as homenagens destinadas aos que sobem no pódio.

No mesmo dia, a equipe brasileira feminina do 4x100 m com Rosemar Coelho Neto, Lucimar Moura, Thaissa Presti e Rosangela Santos ganharam a medalha de bronze.

Assim como o salto em distância de Maurren, mais dois campeões olímpicos comemoraram aniversário de suas conquistas este mês: 34 anos de Joaquim Cruz nos 800 m em Los Angeles 1984 e dois anos de Thiago Braz no salto com vara no Rio 2016.

Em Campeonatos Mundiais, uma medalha de ouro foi conquistada no dia 30 de agosto de 2011, na cidade de Daegu, na Coreia do Sul. Fabiana Murer obteve a façanha no salto com vara, com a marca de 4,85 m. Fabiana ganharia prata também em Pequim 2015, no dia 26 de agosto.

Conquistas em agosto

Jogos Olímpicos

Ouro - Joaquim Cruz - 800 m - Los Angeles 1984 - 06/08
Ouro - Maurren Maggi - Distância - Pequim 2008 - 22/08
Ouro - Thiago Braz - Vara - Rio 2016 - 15/08
Bronze - 4x100 masculino - Atlanta 1996 - 03/08*
Bronze - Vanderlei Cordeiro de Lima - maratona - Atenas 2004 - 29/08
Bronze - 4x100 m feminino - Pequim 2008 - 22/08**

*Arnaldo de Oliveira, Robson Caetano, Edson Luciano Ribeiro e André Domingos

**Rosemar Coelho Neto, Lucimar Moura, Thaissa Presti e Rosangela Santos

Jogos Olímpicos da Juventude
Ouro - Caio Cezar dos Santos - Distância - Cingapura 2010 - 22/08/18
Ouro - Caio Cezar dos Santos - Revezamento Medley - Cingapura 2010 - 23/08
Prata - Thiago Braz - Vara - Singapura 2010 - 23/08

Campeonatos Mundiais
Ouro - Fabiana Murer - Vara - Daegu 2011 - 30/08
Prata - Zequinha Barbosa - 800 m - Tóquio 1991 - 27/08
Prata - Claudinei Quirino - 200 m - Sevilha 1999 - 26/08
Prata - Sanderlei Parrela - 400 m - Sevilha 1999 - 26/08
Prata - 4x100 m masculino - Paris 2003 - 31/08*
Prata - Jadel Gregório - Triplo - Osaka 2007 - 27/08
Prata - Fabiana Murer - Vara - Pequim 2015 - 26/08
Bronze - Joaquim Cruz - 800 m - Helsinque 1983 - 09/08
Bronze - Luiz Antonio dos Santos - Maratona - Gotemburgo 1995 - 12/08
Bronze - Claudinei Quirino - 200 m - Atenas 1997 - 08/08
Bronze - 4x100 m masculino - Sevilha 1999 - 29/08**
Bronze - Caio Bonfim - 20 km Marcha Atlética - Londres 2017 - 13/08

*Vicente Lenilson, Edson Luciano, André Domingos e Cláudio Roberto Souza

** Raphael de Oliveira, Claudinei Quirino, Edson Luciano e André Domingos

CBAt promove Camping de Provas Combinadas no CNDA

21|08|2018 - 10:05 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou a realização da Clínica e Camping de Provas Combinadas do Sistema Nacional Caixa de Treinamento - Descoberta de Talentos de 29 de agosto a 02 de setembro, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), na cidade de Bragança Paulista (SP).

O ministrante será o professor Dino Cintra Filho e a participação está aberta para 16 treinadores, devidamente registrados na CBAt, que tenham participação comprovada em provas combinadas em 2017/2018 em qualquer categoria, a partir do Sub-16. Cada treinador pode indicar um atleta para participar do evento.

Os 16 primeiros interessados estarão garantidos. O prazo de inscrição é desta quarta-feira (dia 22) a sexta-feira (24) e deve ser feita por escrito para e-mail thiagogiro@cbat.org.br, informando seu nome completo, número de registro na CBAt e clube a que pertence. Na mesma mensagem deve ser informado o nome completo do atleta que o acompanhará, com o seu respectivo número de registro na CBAt e clube pelo qual está inscrito na Confederação.

O Sistema Nacional Caixa de Treinamento de Descoberta de Talentos começou no final de julho, com a realização da Clínica e Camping de Salto em Altura, também no CNDA, que foi considerado um modelo de sucesso, atendendo às necessidades de técnicos e atletas participantes.

Estão programadas até o final do ano, clínicas e campings de barreiras, lançamento do disco, saltos horizontais e metodologia de treinamento, cujas datas serão confirmadas proximamente pela CBAt.

O CNDA fica na Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº, no bairro do Campo Novo

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Brasil viaja para a disputa do Ibero-Americano do Peru

20|08|2018 - 16:54 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - A Seleção Brasileira viaja na madrugada desta quarta-feira (dia 22), dividida em dois grupos, para Trujillo, no Peru, onde será disputado o 18º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, de sexta-feira (24) a domingo (26). O Brasil, que venceu 10 edições do torneio, terá uma delegação com 31 atletas - 17 no masculino e 14 no feminino.

A primeira parte da equipe embarca à 00:10 pelo voo Latam 8116, seguindo para Lima, via Córdoba, na Argentina. O segundo grupo segue no voo Latam 8100 diretamente para Lima, às 02:25, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Na capital peruana, as duas equipes se encontram e viajam juntas para Trujillo.
Fonte: CBAt

O evento reúne nações das Américas, Europa e África de falas espanhola e portuguesa. A CBAt procurou levou equipe forte. Desta forma, jovens velocistas como Paulo André de Oliveira e Vitória Rosa, que lideram o Ranking Brasileiro dos 100 m, vão ter a companhia de atletas mais experientes, como Rosangela Santos, finalista no Mundial de Londres no ano passado.

Recordistas sul-americanos também estão na lista, como Gabriel Constantino, nos 110 m com barreiras, Darlan Romani, no arremesso do peso, e Andressa de Morais, no lançamento do disco, além de Rosangela Santos, nos 100 m.

Outros quatro atletas convocados pediram dispensa por problemas físicos: Vitor Hugo dos Santos, Eduardo de Deus dos Santos, Paulo Sergio de Oliveira e Nubia Soares.

O treinador-chefe será João Paulo Alves da Cunha. Os demais técnicos: Katsuhico Nakaya, Marcelo Lima, Ricardo DAngelo, Clodoaldo Lopes do Carmo, Ricardo de Souza Barros, José Haroldo Loureiro Gomes, Edemar Alves dos Santos, Kiyoshi Takahashi e Justo Navarro. O médico será André Guerreiro, o fisioterapeuta, Vitor Stefanini, e o massaterapeuta, Jorge Antonio Lima.

Abaixo, a Seleção Brasileira:

Masculino

Paulo André de Oliveira (Pinheiros-SP) - 100 m
Jorge Henrique Vides (Pinheiros-SP) - 100 m
Aldemir Gomes Junior (Pinheiros-SP) - 200 m
Lucas da Silva Carvalho (FECAM-PR) - 400 m
Thiago André (Orcampi Unimed-SP) - 800 m - 1.500 m
Altobeli Santos da Silva (Pinheiros-SP) - 5.000 m/3.000 m com obstáculos
Gabriel Constantino (Pinheiros-SP) - 110 m com barreiras
Marcio Teles (Orcampi Unimed-SP) - 400 m com barreiras
Talles Frederico Silva (Pinheiros-SP) - Salto em Altura
Fernando Carvalho Ferreira (Orcampi Unimed-SP) - Salto em Altura
Augusto Dutra de Oliveira (ABrA - Bragantina-SP) - Salto com Vara
Alexsandro Melo (Orcampi Unimed-SP) - Salto em Distância
Almir Cunha dos Santos (Sogipa-RS) - Salto Triplo
Darlan Romani (Pinheiros-SP) - Arremesso do Peso
Douglas Junior dos Reis (Orcampi Unimed-SP) - Lançamento do Disco
Luiz Alberto de Araújo (Orcampi Unimed-SP) - Decatlo
Felipe Vinícius dos Santos (Orcampi Unimed-SP) - Decatlo

Feminino
Vitória Rosa (Orcampi Unimed-SP) - 100 m/200 m
Rosangela Santos (Pinheiros-SP) - 100 m
Geisa Coutinho (Pinheiros-SP) - 400 m
Tatiane Raquel da Silva (Orcampi Unimed-SP) - 3.000 m com obstáculos
Rayane Amaral Santos (Orcampi Unimed-SP) - 100 m com barreiras
Valdileia Martins (Orcampi Unimed-SP) - Salto em Altura
Juliana Campos (Orcampi Unimed-SP) - Salto com Vara
Eliane Martins (Pinheiros-SP) - Salto em Distância
Geisa Arcanjo (Pinheiros-SP) - Arremesso do Peso
Keely Medeiros (Pinheiros-SP) - Arremesso do Peso
Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros-SP) - Lançamento do Disco
Fernanda Borges (Orcampi Unimed-SP) - Lançamento do Disco
Mariana Marcelino (Orcampi Unimed-SP) - Lançamento do Martelo
Laila Ferrer (Pinheiros-SP) - Lançamento do Dardo

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Velocista confirma boa fase em São Bernardo

20|08|2018 - 12:18 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - Os velocistas brasileiros continuam obtendo bons resultados na temporada. Um deles é o carioca Jorge Henrique da Costa Vides (Pinheiros), que foi o destaque do Campeonato Paulista Caixa de Atletismo, disputado neste fim de semana no Centro Osvaldo Terra, em São Bernardo do Campo (SP).

Jorge Vides venceu os 100 m com 10.08 (vento de 0.3 m/s), melhorando em um centésimo de segundo o seu recorde pessoal, que havia estabelecido no mês passado, em Bragança Paulista (SP). Com o tempo, ele é o quinto colocado na lista permanente dos mais velozes da América do Sul.
Fonte: CBAt

Campeão ibero-americano dos 200 m em São Paulo, em 2014, e integrante da equipe 4x100 m sexta colocada nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, Jorge Vides defenderá o Brasil no próximo fim de semana no Campeonato Ibero-Americano em Trujillo, no Peru, onde foi convocado para os 100 e o revezamento 4x100 m.

Em São Bernardo, Aldemir Gomes da Silva Junior (Pinheiros) foi o vice-campeão com 10.28, seguido de Antonio Cesar Rodrigues (Orcampi Unimed), com 10.32.

Nas finais femininas dos 100 e dos 200 m, boas apresentações de Vitória Cristina Rosa (Orcampi Unimed). Ela ganhou as duas provas - que também disputará no Peru, com 11:13 (1.4) e 22.92 (-1.1), comprovando sua boa forma.

A carioca superou nos 100 m Rosangela Santos (Pinheiros) - recordista sul-americana 10.91 -, que marcou 11.34, e Franciela das Graças Krasucki (Pinheiros), terceira colocada com 11.38.

Nos 200 m, Vitória deixou Ana Carolina de Jesus Azevedo (Orcampi Unimed), com a medalha de prata, com 23.69, e Mirna Marques da Silva (Iema São Caetano), com o bronze, com 23.82.

Nas provas de campo, destaque para a dupla da Orcampi Unimed do salto com vara, Juliana de Menis Campos e Bruno Germano Spinelli, que venceram como 4,21 m e 5,35 m, respectivamente.

É Campeão Paranaense: Atletismo mourãoense traz títulos e dezenas de medalhas

A equipe do Instituto de Atletismo de Campo Mourão / FECAM/IACM/CAIXA/UNIMED  fez história no Campeonato Paranaense Adulto, disputado no final de semana, 18 e 19, na cidade de Maringá.
Foram diversos ótimos resultados individuais e duas dezenas de medalhas e conquistas, tanto no masculino quanto no feminino.

No feminino, o desempenho dos atletas mourãoenses levou a equipe ao título de Campeão Paranaense Feminino. No Masculino mais um ótimo resultado, com o terceiro lugar geral da competição.

Além do título feminino, a atleta do IACM/FECAM, Viviane Lira, foi eleita a melhor atleta da competição. Ao todo, 33 atletas representaram o município na competição.

Além das medalhas, 14 mourãoenses atingiram os índices para participar do Troféu Brasil Adulto, que será realizado em Bragança Paulista (SP), em setembro. Antes, a equipe participa dos Jogos Abertos do Paraná. 

Os mourãoenses e suas conquistas: 
feminino 
- Maria Letícia - Ouro no revezamento 4x100m e Bronze nos 100m com Barreiras e 100m rasos;
- Úrsula Ranilly - Ouro no Heptatlo e prata nos 100m com barreiras;
- Ellen Camilo - Ouro no 4x100m, Prata no Salto em Distância e Bronze no Salto Triplo;
- Franciele Maria - Ouro nos 5.000 e nos 10.000 rasos;
- Gabriela Lopes - Ouro no 4x100m;
- Juliane Heinrich - Prata nos 1.500m rasos;
- Flávia Maria - Ouro nos 3.000m com obstáculos;   
- Noélia Cristina - Bronze no Lançamento de Dardo;
- Rosilaine Vitória - Ouro nos 400m com barreiras e Bronze nos 800m rasos;
- Laiane Gabriele - Ouro no 4x400m e Prata nos 400m com barreiras;
- Adrilaine Maria - Bronze nos 3.000m com barreiras;
- Viviane Lyra - Ouro nos 20.000 da Marcha Atlética (recorde do campeonato)
- Tainá Beatriz - Ouro nos 800m rasos e no 4x400m e Bronze no 400m rasos;
- Gabrieli Zarri - Prata nos 5.000 rasos;
- Iara Santos - Ouro no 4x100m e Prata nos 200m rasos. 
- Camily Temporini - Bronze nos 1.500m rasos;
- Giovana Ferrazi - Ouro no Salto com Vara (recorde do campeonato)



Masculino
- Lucas Carvalho - Ouro nos 400m rasos, no 4x400m e 4x100m;
- Vinícius Amador - Ouro nos 200m rasos e 4x100m;
- Mikael de Jesus - Ouro no 4x400m, no 4x100m e nos 110m com barreiras;
- José Augusto - Ouro no 4x100m;
- Lucas Luan - Ouro nos 1.500m rasos; 
- Gabriel dos Santos - Ouro no 4x400m, Prata nos 400m rasos e Bronze nos 800m rasos;
- Bruno Fidélis - Ouro nos 20.000m da Marcha Atlética;
- Artur Terezan - Ouro nos 4x400m e nos 400m com barreiras;

























sexta-feira, 17 de agosto de 2018

CBAt e COB reúnem Seleção da Olimpíada da Juventude

17|08|2018 - 11:28 | Assessoria de Imprensa da CBAt

São Paulo - A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) comunicou a realização do Camping de Treinamento e Avaliação dos convocados para os Jogos Olímpicos da Juventude, previstos para outubro, em Buenos Aires, na Argentina. Os 18 atletas chamados, mais os 16 técnicos individuais convidados, participarão de atividades a partir deste domingo (dia 19) até o dia 24, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), na cidade de Bragança Paulista (SP).
Fonte: CBAt
O evento será realizado pela CBAt em conjunto com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), que tem a responsabilidade de formar a delegação para o evento. Já no domingo à noite está prevista uma palestra com todos os participantes.

Os principais objetivos da iniciativa são de realizar avaliações dos atletas por profissionais do Laboratório Olímpico, que vão de análises de fisiologia, nutrição, bioquímica, fisioterapia, entre outros exames que demorarão dois dias num verdadeiro R-X do atleta, observar o comportamento dos convocados durante os treinamentos e incentivar o intercâmbio de conhecimento entre os treinadores.

A coordenação geral do evento ficará a cargo de Marcelo Freitas e Carlos Alberto Cavalheiro, do COB, com Thiago Giro, da CBAt, cuidando da parte operacional.

Os convocados:

Masculino

Lucas Rodrigues da Silva (Mangueira do Futuro-RJ) - 100 m
Lucas Conceição Vilar (Águias Guariba-SP) - 200 m
Douglas Hernandes Mendes (Balneário Camboriú-SC) - 400 m 
Marcos Paulo Ferreira (ASPMP-SP) - 110 m c/barreiras
Caio de Almeida Teixeira (Centro Olímpico-SP) - 400 m c/barreiras
Bruno Lorenzett Nascimento (AABLU-SC) - 10.000 m marcha atlética
Elton Junio Petronilho (Cria Lavras-MG) - Altura
Adrian Henrique Dias Vieira (SESI-SP) - Distância
Vitor Gabriel Motin (PM Colombo-PR) - Disco

Feminino
Vitória Pereira Jardim (Centro Olímpico-SP) - 100 m
Letícia Maria Lima (CT Piauí- PI) - 200 m
Erica Geni Cavalheiro (Instituto Foz-PR) - 400 m
Jéssica Vitória Moreira (Águias Guariba-SP) - 400 m c/barreiras
Letícia Almeida Belo (Orcampi Unimed-SP) - 2.000 m c/obstáculos
Lissandra Maysa Campos (IVL-MT) - distância
Nerisnélia dos Santos Sousa (ASA Sorriso-MT) - triplo
Rafaela Cristine de Sousa (Poços de Caldas-MG) - peso
Bruna Vieira de Jesus (ADAC-MS) - dardo

Treinadores convidados
Alex Sandro Lopes (SP)
Alexandre Moratto (SP)
Antonio Nilson de Sousa (PI)
Darci Ferreira da Silva (SP)
Diogo Dias Gamboa (SC)
Fernando Roberto de Oliveira (MG)
Iracema Rosa Gonzaga (RJ)
Ivo da Silva (SC)
Luiz Gustavo Fonseca (SP)
Marcos Flademir Vieira (MT)
Maria Aparecida Souza de Lima (MT)
Nelson Lemes de Souza (SP)
Sergio Muniz dos Santos (PR)
Sidmar Andrigheto Gielow (PR)

Sidnei Carlos de Parolis (MG)

Seguidores